Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog da Dy

Sou uma apaixonada pela vida, pela escrita, pela comunicação, pela educação!! Apaixonada por tudo o que me faz sentir viva e feliz! Apaixonada por ti! Neste blogue quero partilhar experiências, desejos, vontades...

Sou uma apaixonada pela vida, pela escrita, pela comunicação, pela educação!! Apaixonada por tudo o que me faz sentir viva e feliz! Apaixonada por ti! Neste blogue quero partilhar experiências, desejos, vontades...

Blog da Dy

03
Mar17

Disney a mudar mentalidades!

Dy

Ontem à noite quando atualizava a informação (gosto sempre de estar a par das últimas noticias, não só de moda e afins, mas tembém de cultura e conteúdos informativos) deparei-me com uma notícia na RTP que achei um máximo! A Disney escolheu o  último episódio da segunda temporada de Star vs the Forces of Evil para partilhar uma cena com um beijo gay. Acho muito importante este tipo de conteúdos, uma vez que, atenua as diferenças (que são cada vez menos relevantes) é importante educar os cidadãos em prole do respeito pelo outro quer partilhe ou não das suas escolhas.

disney.bmp

 Fonte rtp: “No episódio, a protagonista Star vai a um concerto com o amigo Marco e a certa altura os dois personagens estão rodeados de casais a beijarem-se. 

Uma cena que à primeira vista não seria de estranhar. A situação surge de forma discreta, mas entre os vários casais heterossexuais, veem-se dois homens a darem um beijo e, logo de seguida, surge um casal de lésbicas. 

A cena da segunda temporada da série é acompanhada de um momento musical, ao som de Just Friend (“Apenas amigos”) e foi a primeira vez que houve um beijo homossexual numa animação com assinatura da Disney. 
A série Star vs the Forces of Evil é emitida no canal Disney XD e é a segunda série na história da Disney a ser criada por uma mulher, Daron Nefcy. A primeira foi Pepper Ann, de 1997, da autoria de Sue Rose.
Coincidência ou não, a estreia de um beijo gay na Disney ocorre depois de os realizadores de Vaiana terem declarado que apoiam totalmente a ideia de no futuro terem uma princesa LGBT num dos filmes da produtora de animação.
O episódio não passou despercebido. Nas redes sociais, muitos ativistas dos direitos LGBT aplaudiram a iniciativa.”