Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog da Dy

Sou uma apaixonada pela vida, pela escrita, pela comunicação, pela educação!! Apaixonada por tudo o que me faz sentir viva e feliz! Apaixonada por ti! Neste blogue quero partilhar experiências, desejos, vontades...

Sou uma apaixonada pela vida, pela escrita, pela comunicação, pela educação!! Apaixonada por tudo o que me faz sentir viva e feliz! Apaixonada por ti! Neste blogue quero partilhar experiências, desejos, vontades...

Blog da Dy

23
Jun17

Dilemas...

Dy

Quase a entrar na casa dos 30 é certo que, muitas vezes, sinto um mau estar que não consigo explicar...Acho que estou a ficar velha, não me refiro nem às rugas nem ao aspeto exterior, mas ao meu estado de espírito.

Sinto-me cansada depois de 8 horas de trabalho e mais umas quantas com as lidas da casa, sinto que devia ir sair, que ainda sou nova e devo aproveitar a vida, mas o cansaço vence-me quase sempre e opto por ficar em casa com o meu mais que tudo! Agora a pior parte...a ver a novela...é ou não deprimente? É de tal modo triste que hoje encontrei esta animação no facebook e não resisti a partilhar convosco...22.jpg

Adoro estar com o meu namorado e ele tem uma paciência de santo para mim, não sei como consegue, confesso que já nem eu me aguento...ahh e com uma tendência a piorar naqueles dias do mês...

Estarei a entrar na crise dos 30, ainda que só tenha 28? É um estado comum quando começamos a trabalhar? A verdade é que me farto de ver programas interessantes e depois...chega a hora H e rendo-me ao meu sofá....enfim....dilemas...

 

20
Abr17

Crónica do Respeito!

Dy

Hoje estive a trabalhar poesia com os miúdos e deu-me uma vontade de escrever (sim trabalho com crianças e jovens e sim dou explicações e apoio escolar (ainda que não me tenham perguntado gosto de dizer :)). Quando leio poemas de sábios antigos (vá não muito antigos hoje fiquei-me pelo século XIX) dá-me uma nostalgia...gostava de ter vivido naquela época. Na época onde tudo era feito às escondidas e devia ter um sabor mágico, um sabor de vitória quando se conseguia ultrapassar a barreira da censura, e um misto de medo, terror e respeito!

É isso mesmo, antigamente era o tempo do respeito! Respeito pelo outro, respeito pela mulher como amante, como companheira, respeito pelo amor! Respeito pela família, pelo idoso, pelo trabalho respeito pelo concreto e pelo abstarto.Hoje acho mesmo que há falta desta palavra mágica que se foi perdendo com o tempo! O amor não é mais respeitado, a família afasta-se e deixa que os anos tomem os momentos, os amantes, vivem de costas voltadas num tempo moderno em que se valoriza demasiado o amor próprio e de menos o amor comum....

Tive este sensação ao fazer um flash back e de repente dou por mim a imaginar-me num vestido de balão, a dançar, a debater assuntos pertinentes, a ser respeitada e a saber amar...onde foi o respeito do ontem?A que dará lugar amanhã...?